ppp

Postado em 05 de outubro de 2010 por Carlos Eduardo Moura

Um projeto de PPP desenvolvido pela Actuale (do Grupo GSN, cliente de assessoria de imprensa) foi destaque na coluna Responsabilidade, da revista "IstoÉ Dinheiro".

Isto É Dinheiro

Postado em 06 de novembro de 2009 por Equipe Happy Hour

Nesta semana, o diretor do Grupo GSN - cliente da Happy Hour em assessoria de imprensa -, Igor Furniel, esteve nos estúdios da CBN Campinas. O empresário concedeu uma entrevista ao vivo para o jornalista Valter Sena sobre o tema usinas de lixo.

Uma das empresas do Grupo GSN é a Actuale, especializada na viabilização de Parcerias Públicos-Privadas. Igor aponta que o melhor caminho para a construção destas usinas no Brasil é através de PPPs.

Veja abaixo a matéria editada posteriormente à entrevista: Consultor aposta nas PPPs para resolver o problema das usinas do lixo

Postado em 15 de outubro de 2009 por Equipe Happy Hour

Igor Furniel, diretor-executivo da Actuale (Grupo GSN, cliente de assessoria de imprensa), fala, na rádio CBN Campinas, sobre a possibilidade de se fazer parcerias público-privadas (PPPs) para se reduzir custos das Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro. Escute a matéria clicando aqui.

Leia também o artigo Rio 2016: mais uma oportunidade

Postado em 22 de setembro de 2009 por Equipe Happy Hour

Já está na nossa seção de portfólio a terceira edição do jornal GSN Informa, produzido pela Happy Hour para o Grupo GSN, de Campinas. O tema principal da edição é a Copa do Mundo de 2014, que acontecerá no Brasil, e é uma grande oportunidade para as Parcerias Público-Privadas avançarem no país.

Postado em 16 de junho de 2009 por Equipe Happy Hour

No "Estadão" de ontem (15/06/2009), Igor Furniel, diretor-executivo da Actuale, fala sobre Parcerias Público-Privadas: "Não são poucos os que veem na Copa uma grande oportunidade de negócios."

No "Correio Popular" de hoje (16/06/2009), artigo de Furniel destaca que "Com a Copa, o País irá crescer muito e as PPPs precisam estar na pauta dos principais governantes".

Na quinta, será a vez da Bloomberg TV veicular entrevista com o diretor-executivo, feita hoje nos estúdios da emissora em São Paulo, sobre as obras para a Copa do Mundo e as PPPs.

Postado em 09 de junho de 2009 por Equipe Happy Hour

Com a confirmação das 12 cidades que receberão jogos na Copa do Mundo de 2014, uma corrida contra o tempo foi iniciada. Muito terá que ser feito (e refeito) no Brasil para a adequação exigida pela Fifa. Estádios modernos, estradas novas, renovação da frota de ônibus, aumento da capacidade hoteleira, enfim, são muitas as necessidades.

E um dos caminhos para que as cidades consigam cumprir com todo o cronograma são as PPPs. As Parcerias Público-Privadas são uma ótima ferramenta para conquistar investimentos do setor privado, já que somente os investimentos públicos não serão suficientes. Um dos clientes da Happy Hour trabalha especificamente com PPPs. Trata-se da Actuale, empresa com sede em Campinas.

Neste release, o diretor-executivo da empresa Igor Furniel explica melhor a situação. “Além de viabilizar a construção dos estádios, outro ponto importante será fazer com que estes empreendimentos não dependam apenas da receita de jogos de futebol, mas sim de outras fontes de renda como concertos musicais e outros eventos”, afirma. A oportunidade de novos investimentos e parcerias está aí. As cartas estão na mesa.